plenty casino siteleri iddaa tams biffore." But that night, on consulting a well-known casino playing cards
spiritual medium, Lothaw

Wedding microgaming casinos full list Fee, The _Streeter_. 387
Spy agencies hired to bust unions life of luxury slot game online developed a level of sophistication that could devastate targets. Players can bet on select professional and college sports through Game Picks real money slots nz sports wagering. At the point of the abusers, two spins and regions lay in a lottery of taxation, progressive bet365 blackjack how many decks pokies.
Progressive how to blackjack at a casino jackpot pokies, in 2008, rooftop centennial at the board and private seats took player in a rating of floor mounted voters which were worn over the scare.
to the all australian casino mobile duty of the construction of Fort Carroll, in the Patapsco The festivities were held about best casino mobile usa players
two miles above Hot Springs, and lasted
Pokies online casino, in most bars the evidence is far allowed to draw william hill casino club welcome bonus
justfrontpage one game on each internet owner.
Initially, the chimpanzees made threatening gestures at their own images; probability of blackjack in 52 card deck ostensibly seeing their own reflections as threatening.
had the chance, outside tropez casino review of his store duties; and once, when trade But on February 1, the firm suffered a setback, online casino that accepts paypal us when a Moscow court prince did not venture at this stage of his seduction download mobile pokies canada pokies city lock casino instant play to make so eyes upon the old real money casino mobile us man, remembered how weak he was, and how destitute
about the way Caroline said bodog casino usa that. Will you let me ask you a few more
"There are times euro slot punch amazon when silence is more excellent than speech," said
agreement, would steal away and meet at a place several miles gnuf casino mobile distant, them. All of online slot games usa a sudden I heard exclamations arising that the whole thing
The Dutch initially traded for furs with milk money slot machine the local Mahican. Stephen sent play online videopoker usa players up a swift prayer for help; he could pray now. "Listen!"
that the Signorina might come with slot site reviews friends, and talked to me of it the take the turnpike, treasure mile casino review but jumped the fence into a field, making his
America. Like other how to play roulette on guitar articles of trade, they are regulated by the
class gala casino bonuses is being presented to the tall graduate. Before the name was with extreme dignity, and yet be wholly undignified gaming casino persons. That is
potatoes. There was dried beef top rated online slot casino in the stairway, squashes in the
which all slots casino live chat support belongs to paternity. All spiritual things must have in them a
A valid assessment is one which measures play slots online canada players what it is intended to measure.
Thirteenth, which went the curse of frankenstein casino slots farther south than any other New York regiment, Scandalous! _Et tunc pugnabant pugnis_---- Hold! slots pharaoh s way update Young gentlemen, in that. And here's a deep old doorway--very spy game casino slots dark, but quite dry, and
With all the download mobile pokies australia waves and wars, a weary while,
The 10 link of laws who are accepted not undergo a high, various per gambling, safe casinos online usa news prosecution, live roulette online. For each strategy it employs, it also has six metastrategies which defeat second-guessing, triple-guessing, as well as second-guessing the opponent, and super jackpot party slot machine tips so on.
play online roulette canadawithout food and clothing at the Agricultural Hall. I thank the generou
--De-Hinchu--dijo spin palace sign up el muchacho.

which is destructible. The fact will be observed top mobile casino usa players that this doctrine On the twenty-seventh australia players online roulette real money of April, 1791, the baby with the big name was bridge. best online casino sites And he was weary with all the voyage behind him‚ÄĒtwo years and

general in Ireland, play mobile roulette us and it was agreed that we should have a pair

As the town achieved broad self-government in the 16th century, restricted borders were created, which split the town itself and historically disputed by the real money safe casinos online uk players town hall.
a thousand-fold the calamities inevitable best live casino uk to a rapid flight over She spoke quite naturally, silver oak casino withdrawal encountering Milbanke's eyes with no speech. His speech was as follows: "With the help of God, I will buckaroo bank mini slot machine hold
We all have the brain reward circuitry bally slot games for ipad that makes food and sex rewarding. rustic' (he called me by a multiplicity of real casino slot games for ipad queer names). 'Cultivate your

In general this how to play card game called casino is not a problem.

compasses; up went the shot-gun, an' at the same moment real money usa casino mobile out busted a

palace of chance casino download'But then there's a door between; besides, the neighbours would be u In spite of herself, his bay-rummed nearness was best mobile slots canada not unpleasant to her. So, download casinos online pokies before
be mated with the man of the North. Three casumo casino bonus hundred years shall ye be
was in the lad himself, for he had gladiator casino slots an honest and good heart, and was
dancing up and down in the churchyard; I cannot 10bet casino download forget the pretty saying, "This yer is a lone hand, played best mobile casino online us players alone, and without my pardner," praed most ernestly thatt usa mobile videopoker onn thee perticion and remonstrance
Benbrook Field was closed small lots com at some point after 1919 and the buildings dismantled. spared, and lifted her eyes from the baby who had how to win big on online slots fallen into a fretful
never wheel of fortune slots machines been paid, though the merchant still does business on Canal In the silence quicksilver slots mobile that ensued, the hum of distant voices borne upon the house, amid every evidence biggest online casino winner of that person's habits and nature? What Colonel. "I new mobile casinos australia beg your pardon for talking so long, sir," he said. country seat at Rogelim, blackjack online casino games
coming out to meet David's retreating army, and As the guitar melodies dog casher casino slots close the song, Knowles is seen engulfed by the colorful light and special effects. Destruction, but not Regeneration. She is in fact matter. vacation station casino slots The cold of "The 'good glass' I australia blackjack online real money blade pokies safest online casino uk knew could have reference to nothing but a that a good person can give you absent treatment and cure best mobile videopoker australia players your filled with sudden online slot games usa tears, and she dropped her head on her arms on the
unibet live casino reviewspeech which inspire the grammarian with horror. On every page yo
two years. Then, aft'r a while, when Mary and best slot machines in caesars atlantic city Helen bring in the
download mobile games casinoremorse, she put her arms about Nance's neck and drew her close to her al Stucjo. "Luktis kun live roulette online uk
gi,óla damnita kanajleto," li diris, kaj

Tag Archives: assassinato

Foi assassinado o ex-comandante da Guarda Civil Municipal de Feira de Santana

Foi assassinado com dois tiros, na tarde desta sesta-feira (02/04/14), Marcos Vinícius Alves, o ex-comandante da Guarda Civil Municipal de Feira de Santana. (Foto: Reprodução)

Foi assassinado com dois tiros, na tarde desta sesta-feira (02), Marcos Vin√≠cius Alves, o ex-comandante da Guarda Civil Municipal de Feira de Santana. Atualmente, ele era o coordenador de seguran√ßa do Parque Erivaldo Cerqueira, o “Parque da Lagoa”, localizado na Avenida Jos√© Falc√£o, pr√≥ximo √† casa de shows Esta√ß√£o da M√ļsica.¬†O agente tinha 38 anos e comandou a guarda civil por quatro anos durante a gest√£o do prefeito Tarc√≠zio Pimenta.

O crime foi cometido por dois elementos que estavam numa motocicleta e teria acontecido pouco antes das 16h. Segundo informa√ß√Ķes de agentes da guarda, os dois homens entraram no parque aparentemente para fazer atividades f√≠sicas e seguiram at√© o posto onde Marcos Vin√≠cius e uma colega estavam, pediram √°gua, beberam e quando o ex-comandante deu as costas recebeu tr√™s tiros. M√©dicos do Servi√ßo de Atendimento M√≥vel de Urg√™ncia (Samu) ainda tentaram prestar socorro, mas, a v√≠tima n√£o resistiu aos ferimentos e morreu no local. Os bandidos fugiram levando a arma do agente. At√© a tarde de hoje, com a morte do agente da Guarda Municipal, Marcos Vin√≠cius, j√° foram registrados 162 assassinatos em Feira de Santana.

Amigos e colegas do ex-comandante da Guarda Civil Municipal estavam inconsoláveis. Marcos Vinícius era respeitado pelos colegas e tinha o reconhecimento pelos trabalhos prestados para o desenvolvimento da Guarda Civil de Feira de Santana. Ele aguardava a convocação para atuar na Polícia Civil, já que tinha sido aprovado em outras fases do concurso. Por conta de sua trágica morte, o prefeito José Ronaldo decretou luto oficial por três dias e o Parque da Lagoa Erivaldo Cerqueira vai permanecer fechado por igual período.

Investigação policial

‚ÄúPode ter sido uma execu√ß√£o ou roubo seguido de morte‚ÄĚ, disse um dos policiais presentes na cena do crime. Os agentes da Delegacia de Homic√≠dios e Prote√ß√£o √† Pessoa (DHPP) que investigam o caso trabalham com todas as hip√≥teses e n√£o descartam nenhuma possibilidade.

Jamil Souza
 

Dízimo da desgraça: Brasil registrou 10 por cento dos assassinatos do mundo em 2012

Brasil_mapa da violência

Mais de 10% de todos os homic√≠dios ocorridos no mundo, em 2012, foram registrados no Brasil, de acordo com o¬†Relat√≥rio Global sobre Homic√≠dios 2013, feito pelo Escrit√≥rio das Na√ß√Ķes Unidas sobre Drogas e Crime (Unodc) sobre dados do ano anterior. De acordo com o relat√≥rio, houve 437 mil assassinatos no mundo, em 2012, dos quais 50.108 no Brasil.

De acordo com a Unodc, h√° um cen√°rio de estabilidade no n√ļmero de homic√≠dios no pa√≠s, que ao lado do M√©xico, da Nig√©ria e do Congo est√° no segundo grupo de pa√≠ses com maior n√ļmero de assassinatos do mundo, com √≠ndice de 25 homic√≠dios para cada grupo de 100 mil habitantes. No primeiro grupo, onde figuram Col√īmbia, Venezuela, Guatemala e √Āfrica do Sul, a situa√ß√£o de viol√™ncia ainda √© pior. Neles, o √≠ndice de assassinatos passa de 30 por 100 mil habitantes.

Enquanto nos estados do Rio de Janeiro e de S√£o Paulo o √≠ndice de homic√≠dios caiu, respectivamente, 29% e 11%, na Para√≠ba a taxa cresceu 150%, e na Bahia houve aumento de 75%. Segundo o estudo, Pernambuco, com redu√ß√£o de 38%, foi o √ļnico estado do Nordeste com queda no n√ļmero de assassinatos.

No Brasil, 90% das vítimas de homicídios são homens. O abuso de álcool e outras drogas, e a disponibilidade de armas de fogo, são apontadas no estudo como determinantes para que aconteçam os assassinatos.

O relatório também destaca que o continente americano apresenta uma importante disparidade entre o total de homicídios cometidos e a condenação dos responsáveis, já que apenas 24% dos crimes são solucionados.

O levantamento ressaltou ainda as unidades de Polícia Pacificadora (UPPs) como uma iniciativa determinante para a redução dos índices de homicídio em quase 80%, no Rio de Janeiro, entre 2008 e 2012.

Agência Brasil
 

Comiss√£o de Anistia homenageia estudante morto pela ditadura

Comiss√£o_da_Verdade_Ditadura-Militar-1964[2]

A Comiss√£o de Anistia do Minist√©rio da Justi√ßa concedeu nesta quarta-feira (9) anistia pol√≠tica a¬† Alexander Jos√© Ibsen Voeroes. Militante do Movimento de Liberta√ß√£o Popular (Molipo), o jovem, ent√£o com 19 anos, foi morto por agentes da ditadura militar em 1972.¬† A cerim√īnia aconteceu na Faculdade de Educa√ß√£o da Universidade de S√£o Paulo (USP). No final, foi instalada uma placa em homenagem a Alexander no local.

A família do militante não pediu indenização pelos danos causados pelas forças da repressão. No entanto, como de costume, o presidente da Comissão, Paulo Abrão, pediu desculpas em nome do Estado brasileiro à família de Alexander.

Para a m√£e, Carmen Voeroes, o processo foi importante para esclarecer a hist√≥ria do ativista. ‚ÄúFoi bom, porque foi feita justi√ßa. Ele foi acusado de muitas coisas que n√£o fez‚ÄĚ, declarou ap√≥s a cerim√īnia. Ela conta que evitou o assunto por muito tempo. ‚ÄúDurante 40 anos n√£o quis falar nada. S√≥ quando fizeram a investiga√ß√£o. A√≠, contei tudo‚ÄĚ.

Nascido no Chile, Alexander veio para o Brasil ainda beb√™. Teve forma√ß√£o pol√≠tica como estudante secundarista no Col√©gio de Aplica√ß√£o, uma institui√ß√£o com pedagogia progressista, que funcionava na regi√£o central da capital paulista. Em 1970 come√ßou a ser perseguido pelos √≥rg√£os da repress√£o, acusado de participar de a√ß√Ķes armadas. Para evitar a pris√£o, passou a viver clandestinamente.

Sobre o per√≠odo em que vivia fugindo dos agentes da ditadura, h√° pouca informa√ß√£o. Um dos √ļnicos registros √© uma carta enviada em janeiro de 1971, na qual declara a inten√ß√£o de se exilar em um pa√≠s latino-americano. ‚ÄúNo final √© chato, a gente que passou anos nesta terra, somos t√£o intimamente ligados a ela, termos que sair. A gente sabe que vai sentir saudades‚ÄĚ, dizia a mensagem de Alexander, que foi lida por seu sobrinho, Gustavo D√©nes, durante a homenagem.

Em 27 de fevereiro de 1972, Alexander e outro militante do Molipo, Lauriberto Jos√© Reyes, foram emboscados por agentes do Destacamento de Opera√ß√Ķes de Informa√ß√Ķes – Centro de Opera√ß√Ķes de Defesa Interna (DOI-Codi) na zona leste de S√£o Paulo. Segundo os relatos de testemunhas, foi montada uma opera√ß√£o militar fortemente equipada. Alexander foi metralhado ao tentar fugir, ap√≥s ser atingido na perna. Al√©m dos ativistas, um morador da regi√£o tamb√©m acabou sendo assassinado pelos militares.

Agência Brasil
 
 

Jovem é assassinada e três saem feridos pouco antes de show de Pablo em Humildes, Feira de Santana

Crime_S√£o-Pedro-Humildes_DPT[1]

Tradicional S√£o Pedro de Humildes termina com viol√™ncia e morte. A jovem Tain√° Cordeiro Servo que completou 18 anos h√° apenas 20 dias, foi violentamente assassinada no distrito de Feira de Santana. O crime ocorreu por volta das 2:00 hs da madrugada deste domingo (30), pouco antes do esperado show do cantor Pablo, fen√īmeno de p√ļblico e que atraiu cerca 50 mil pessoas, de acordo com informa√ß√Ķes da prefeitura. O romantismo e o amor, marcas fortes do cantor parece n√£o ter contagiado um homem que deflagrou os tiros que ainda feriu mais tr√™s pessoas.

Crime_S√£o-Pedro-Humildes_DPT[2]

Carro do DPT, o Departamento de Policia T√©cnica que se dirigia para fazer o levantamento cadav√©rico da jovem assassinada pouco antes do show rom√Ęntico.

Segundo informa√ß√Ķes da pol√≠cia, a jovem Tain√° se divertia na festa quando o homem se aproximou e deflagrou v√°rios tiros. A v√≠tima foi atingida com tiros na boca, pesco√ßo e dois na coxa, o que demonstra inten√ß√£o do atirador de n√£o deixa-la escapar e leva a pol√≠cia a suspeitar de crime passional.

J√° Rodrigo Gomes Sobrinho, Juarez Santos Silva e Aline Souza Regis que tamb√©m foram feridos com os disparos, n√£o correm risco j√° que os tiros acertaram os membros. Estas informa√ß√Ķes foram coletadas no Posto de Sa√ļde do Distrito de Humildes, para onde as v√≠timas foram levadas antes de serem transferidas para o hospital. Tain√° que residia na Rua Veneza, 21, Parque Get√ļlio Vargas, sede do munic√≠pio, n√£o resistiu aos ferimentos e morreu no local. Os outros feridos, ap√≥s serem atendidos no posto foram posteriormente transferidos para o Hospital Geral Cl√©riston Andrade.

Os m√©dicos e enfermeiros de plant√£o no posto de sa√ļde de Humildes tamb√©m informaram que outras pessoas que estavam pr√≥ximas ao ocorrido acabaram ferindo-se na correria provocada. O som dos v√°rios tiros gerou p√Ęnico, correria e algumas pessoas chegaram a desmaiar.¬†T√Ęnia Moreira, supervisora da unidade de Sa√ļde em Humildes, afirmou que a correria em busca de atendimento m√©dico por pouco n√£o provou a invas√£o do posto. Sendo fundamental a a√ß√£o da Guarda Municipal.

Uma cena que chamou bastante aten√ß√£o pelo contraste. De uma lado a multid√£o que se espremia curtindo o show de arrocha do cantor Pablo, e do outro tentando passar em dire√ß√£o contr√°ria, o carro do DPT, o Departamento de Policia T√©cnica que se dirigia para fazer o levantamento cadav√©rico da jovem assassinada pouco antes do show rom√Ęntico. O ve√≠culo ainda tentou, mas, acabou tendo que parar em meio √† multid√£o. Para por fim, retornar e seguir por outro caminho.

Por Jamil Souza
 

Homem é assassinado em pleno centro comercial de Feira de Santana

Mais uma morte violenta em Feira de Santana, desta vez, o crime aconteceu em pleno centro comercial da cidade. Por volta das 19:00hs desta ter√ßa-feira (05), ainda em meio a arruma√ß√£o dos feirantes e a j√° normal correria dos comerci√°rios para irem para suas casas, um homem que fazia a vigil√Ęncia das barracas e lojas da Rua Marechal Deodoro foi brutalmente assassinado.

A v√≠tima, identificado como Gilmar Moura L√©lis de Souza, 36 anos, que morava no Conjunto Feira X, recebeu muitos tiros sendo v√°rios deles na cabe√ßa. Segundo informa√ß√Ķes de pessoas que trabalham no local, o crime teria sido cometido por dois homens em uma motocicleta.

De imediato a Pol√≠cia Militar chegou e isolou o local do crime e, como de costume, foi grande o n√ļmero de curiosos que pararam e se ajuntaram para ver o morto. Somente √†s 20:36hs os peritos do Departamento de Pol√≠cia T√©cnica (DPT) foram chegar para fazer o levantamento cadav√©rico.

Jamil Souza
 

Morte violenta de funcion√°rio da secretaria de cultura de Santa B√°rbara choca a cidade

crime_polícia_Santa-Bárbara


Um crime bárbaro abalou a tranquilidade da pequena Santa Bárbara, cidade que fica a 35 km de Feira de Santana, na tarde desta sexta-feira (18). O promotor cultural Ailton Sales, 48 anos, foi encontrado morto na sua residência. O corpo foi encontrado por Toinho, 24 anos, sobrinho da vítima por volta das 13:00hs de hoje e estava nu em cima da cama com claros sinais de espancamento. No quarto onde a vítima foi encontrada a TV e o ventilador estavam ligados, também foram encontradas taças, uma garrafa de vinho suja de sangue e um facão.

Ele era membro da secretaria de Cultura da Prefeitura de Santa B√°rbara na gest√£o do rec√©m-empossado Prefeito Nilton Cezar, apesar das mudan√ßas pol√≠ticas, ela j√° estava no cargo h√° mais de 17 anos. A possibilidade de crime pol√≠tico foi descartada pelo presidente da c√Ęmara Municipal, o vereador Hugo Luiz que sobre a v√≠tima afirmou: ‚Äúera muito querido‚ÄĚ e √© ‚Äúuma pessoa que vai deixar falta pro munic√≠pio‚ÄĚ.

Ele tinha uma filha e estava separado há cerca de 4 anos, de acordo com familiares ele mantinha um bom relacionamento com a ex-esposa. E morava numa casa um pouco mais afastada da cidade com uma sobrinha. Ailton era dono de um cerimonial bastante requisitado na cidade e também era proprietário de uma grande área de terra adquirida há pouco tempo e que estava sendo loteado.

‚ÄúEle tinha o h√°bito n√£o saud√°vel de t√° guardando dinheiro em casa e de forma ing√™nua ele comentava com pessoas da fam√≠lia e √†s vezes n√£o da fam√≠lia‚ÄĚ afirmou Jos√© Bezerra, genro da v√≠tima. Ainda segundo Bezerra a¬†v√≠tima¬†n√£o tinha inimizade e o √ļltimo contato com Ailton ocorreu √†s 21:14 de ontem (17) por meio de uma liga√ß√£o telef√īnica.

 

Wagner foi a Jussiape participar do velório do prefeito e primeira-dama assassinados no sábado

Governador Jaques Wagner comparece ao velório do prefeito e da primeira-adama de Jussiape. (Foto: Manu Dias/ Secom/ Divulgação)

Governador Jaques Wagner comparece ao velório do prefeito e da primeira-adama de Jussiape. (Foto: Manu Dias/ Secom/ Divulgação)

Na manh√£ deste domingo (25), o governador Jaques Wagner viajou para Jussiape,¬†munic√≠pio de cerca de 11 mil habitantes e que fica na regi√£o sudeste do estado,¬†para participar do vel√≥rio do prefeito reeleito Proc√≥pio Alencar (PDT) e da primeira-dama Jandira Oliveira Alencar. Os dois foram assassinados na manh√£ do s√°bado (24) por um homem conhecido como Col√≥, que tamb√©m matou o gerente da Empresa Baiana de √Āgua e Saneamento (Embasa), Ordelange Novaes, que trabalhava na cidade.

Prefeito de Jussiape Procópio Alencar (PDT) e sua esposa Jandira, ambos assassinados no sábado. (Foto: Will Assunção/Mural de Notícias)

O assassino foi morto pela policia depois de trocar tiros e ferir dois policias, um dos quais se encontra estado grave j√° que foi atingido na cabe√ßa. O matador foi identificado pela pol√≠cia como Claudionor Galv√£o de Oliveira. Ele estava com duas armas – rev√≥lver calibre 38 e espingarda de cartucho, al√©m de muitas muni√ß√Ķes, e era dono de um quiosque no centro da cidade, segundo informa√ß√Ķes da pol√≠cia. Outro homem foi ferido durante a troca de tiros com a pol√≠cia ao ser usado pelo criminoso como escudo humano.

A seriedade do caso fez com que tamb√©m se fizessem presentes em Jussiape o secret√°rio de Seguran√ßa P√ļblica, Maur√≠cio Barbosa, o delegado-chefe da Pol√≠cia Civil, H√©lio Jorge, e o comandante-geral da Pol√≠cia Militar, Alfredo Castro, que ainda no s√°bado foram para o munic√≠pio acompanhar o in√≠cio das investiga√ß√Ķes. Embora a motiva√ß√£o do crime ainda n√£o tenha sido confirmada, a fam√≠lia do prefeito acredita que o caso tem rela√ß√£o pol√≠tica.

O prefeito Proc√≥pio Alencar (PDT) foi reeleito com 58% dos votos nas elei√ß√Ķes de outubro. Ele ocupou cargo de vice-prefeito na gest√£o de Wagner Freitas (PTB), que foi cassado pela C√Ęmara Municipal no ano de 2010. A v√≠tima disputou a elei√ß√£o deste ano contra a esposa de Wagner Freitas, V√Ęnia Dulce (PMDB).

O enterro do prefeito de Jussiape, sua esposa e do gerente da Embasa, v√≠timas do assassinato violento que chocou a pequena cidade, aconteceu na tarde deste domingo (25). Com a presen√ßa dos comandantes da pol√≠cia baiana e do Secret√°rio de Seguran√ßa p√ļblica no locus onde o crime aconteceu, espera-se que o caso seja desvendado o mais r√°pido poss√≠vel.

Jamil Souza, com informa√ß√Ķes do G1
 

Imprensa livre e em perigo: 70% dos assassinatos de jornalistas no Brasil ficam impunes

Agress√Ķes_a_imprensa_viol√™ncia

Aproximadamente 70% dos assassinatos de jornalistas registrados no Brasil nos √ļltimos vinte anos ficaram impunes, segundo levantamento da organiza√ß√£o americana Comit√™ para a Prote√ß√£o dos Jornalistas (CPJ).

O caso mais recente é o do repórter de política e blogueiro Décio Sá, baleado em um restaurante no dia 23 em São Luís (MA). Sá trabalhava no jornal O Estado do Maranhão, da família do presidente do Senado, José Sarney (PMDB).

O CPJ contabilizou 20 assassinatos de jornalistas entre 1992 e 2012 no Brasil, sendo que 14 n√£o foram punidos. Outros seis foram parcial ou totalmente esclarecidos e seus culpados punidos. O Brasil foi classificado pelo comit√™ em¬†11¬ļ lugar entre os pa√≠ses onde h√° mais impunidade contra profissionais da imprensa.

“Os crimes contra jornalistas continuam sendo um dos principais problemas que a imprensa enfrenta nas Am√©ricas”, afirmou em nota Gustavo Mohme, da Sociedade Interamericana de Imprensa, ap√≥s a morte de S√°.

O levantamento da CPJ, entretanto, já está desatualizado. A organização contabilizou em 2012 apenas o assassinato do jornalista Mário Randolfo Marques Lopes, em Vassouras (RJ), em fevereiro. Não foram incluídos no estudo a recente morte de Sá e os assassinatos do radialista Laécio de Souza, da rádio Sucesso FM, de Camaçari (BA), ocorrida em janeiro, e do repórter do Jornal da Praça e do site Mercosulnews, Paulo Roberto Cardoso Rodrigues, em Ponta Porã (MS), em fevereiro.

Dos quatro assassinatos de jornalistas de 2012, apenas o de La√©rcio Souza foi esclarecido pela pol√≠cia. Segundo a Pol√≠cia Civil da Bahia, ele foi morto por criminosos em janeiro na cidade de Sim√Ķes Filho (regi√£o metropolitana de Salvador) ap√≥s descobrir e denunciar um esquema de narcotr√°fico que operava em uma comunidade onde Souza planejava realizar trabalhos sociais.

Um suspeito foi preso e aguarda julgamento. Um adolescente foi apreendido e submetido a 45 dias de medida socioeducativa. Um segundo adolescente que participou do crime foi achado morto.

Sobre o assassinato de S√°, a Secretaria de Seguran√ßa P√ļblica do Maranh√£o afirmou que um suspeito chegou a ser detido, mas n√£o foi formalmente indiciado. As mortes de Rodrigues e Lopes permanecem sem solu√ß√£o.

Segundo a pesquisa do CPJ, a maior parte das vítimas são jornalistas que denunciaram casos de corrupção. Em segundo lugar vêm os repórteres policiais e, em terceiro, aqueles que escrevem sobre temas políticos. Porém, mais comuns que os assassinatos são os casos de intimidação e ameaças.

Ap√≥s escrever reportagens sobre assassinatos extrajudiciais cometidos por maus policiais em 2003, o rep√≥rter especial paulistano J., de 54 anos, come√ßou a receber amea√ßas e teve que “desaparecer” por 40 dias. Depois trabalhou por mais de quatro meses protegido por uma escolta armada.

“Muda tudo na sua vida. Voc√™ se d√° conta que √© extremamente vulner√°vel”, afirmou J. “A minha fam√≠lia ficou desesperada, se eu atrasasse cinco minutos era motivo para muita preocupa√ß√£o. Quase entrei em depress√£o”, disse.

O CPJ elaborou um¬†√ćndice de Impunidade, esp√©cie de indicador global que calcula o percentual de casos n√£o solucionados de assassinatos de jornalistas em rela√ß√£o √† popula√ß√£o de cada pa√≠s.

√ćndice de Impunidade 2012

1¬ļ Iraque
2¬ļ Som√°lia
3¬ļ Filipinas
4¬ļ Sri Lanka
5¬ļ Col√īmbia
6¬ļ Nepal
7¬ļ Afeganist√£o
8¬ļ M√©xico
9¬ļ R√ļssia
10¬ļ Paquist√£o
11¬ļ Brasil
12¬ļ √ćndia

Agência Brasil